Equilíbrio

A corda bamba balança
(esquerda, direita, esquerda…)
E o corpo se atrai na gravidade
Em busca de um sentido certo de firmeza
(direita, esquerda, direita…)
A mente se contorce na dúvida presa
Em um passo em falso
Imaginando a força de uma queda
Em vão
(esquerda, esquerda, direita…)
Já meus olhos
Buscam uma resposta caída em meu lugar
Evitando se curvar ao chão
(direita, direita, esquerda…)
Se ao menos eu soubesse por onde andar
(esquerda…)
Se ao menos pudesse me antecipar
(direita…)
Se soubesse cada certeza em seu lugar
(direita, esquerda, esquerda…)
Mas então perderia o saber do equilibrar
(centro)
Pois parada estaria no destino sem se aventurar
Já a arte da vida é acertar e errar
Na caminhada que se aprende
Ao equilibrar
(esquerda, direita, direita, esquerda…)

(Moara F Lacerda – 15/05/15)

Anúncios

2 comentários em “Equilíbrio

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Poeta da Garrafa

Este sítio expõem a palavra, a imagem, a voz da minha poesia. Foto: Odilon Machado de Lourenço.

Depois de Formada

Bem vindos, ao meu Blog! Aqui irei dividir com vocês um pouco das coisas que eu gosto!

Caos no Quarto

O que esperar de um blog criado em meio ao Caos de um quarto? Assuntos de uma rotina caótica: Livros, cabelos, musculação, engenharia, esportes, empreendedorismo, animais e por ai vai.

%d blogueiros gostam disto: