Resenha: O Busto de Adão e Outras Poesias

IMG-20150603-WA0003

Resenha: O Busto de Adão e outras Poesias

Título: O Busto de Adão e outras poesias
Autor: Bruno Félix
Editora: Chiado Editora
Ano: 2015
ISBN: 978-989-51-2810-5

Sente-se e deixe-me lhe contar sobre um livro que acabo de ler. É talvez de gênero que você não costume ler, por ser um livro de poesias. Afinal, a prática da leitura de livros poéticos é ainda pouco disseminada no Brasil. Com autores como Bruno Félix, não obstante, felizmente o gênero certamente ganhar novos adeptos.

O livro “O Busto de Adão e outras poesias” é do poeta supracitado, Bruno Félix (autor parceiro do blog). A obra divide-se em quatro partes, embora distintas, harmoniosamente organizadas. A primeira parte é uma coletânea de poesias soltas, abordando as mais diversas temáticas. Nela, podemos navegar de um texto saudoso, para uma lembrança amorosa, uma crítica perspicaz e até uma reflexão filosófica sobre o homem, a vida e o tempo – apenas para citar alguns exemplos.

20150603_161037

A segunda parte do livro é composto pelo “Livreto dos Sonetos” e a terceira parte pelo “Caderno de Haikai”. Para mim, nessas duas partes em particular, conseguimos perceber o talento do autor em não apenas expressar seus sentimentos, como na primeira parte do livro, mas seguir a tradicional estrutura poética de cada uma dessas formas específicas de textos poéticos. Afinal, não é nada fácil manter o ritmo dos versos e as rimas poéticas em um poema fixo de 14 versos, que é o Soneto tradicional; muito menos dialogar e conectar com um leitor por meio de 17 sílabas/sons poéticos apenas, como é o caso do Haikai tradicional. Não é fácil, porém o autor consegue alcançar essas referências de forma que transpareça ser bastante natural. Inclusive, o Caderno de Haikai agrega uma sutileza muito agradável ao livro, me levando a desejar que tivesse ainda mais desse estilo poético na obra, pelo qual o autor demonstra um domínio nato.

20150603_160718

Já a última parte do livro é o “Busto de Adão”, uma composição de quatro cantos e um epílogo. Os quatro cantos agradavelmente se estruturam em forma misturada de poesia e crônica, contando uma história marcada por drama e comedia, na qual identificamos um toque de reflexão crítica com pintada de ironia. Inclusive, uma das características peculiares que identifiquei na escrita do poeta é sua capacidade de contar histórias. Ou seja, os poemas do autor não são apenas expressões sentimentais ou reflexivas e críticas. Eles são recordações e emoções na maioria das vezes expressas em forma de história, com cena e personagens dialogando entre si. Além disso, um fator interessante da obra é a intertextualidade entre alguns dos poemas que a compõem, por meio do qual personagens de um poema são reinseridos em outro. Como é o caso da Morte ou do personagem Lokprakash Vatsala (do qual eu particularmente gostei bastante) que aparece no poema “No gangues” e novamente em “A lenda do sábio e da lâmpada maravilhosa”.

20150603_161131

Por fim, a leitura do livro ocorre de forma leve e tranquila ao mesmo tempo em que nos é capaz de trazer uma boa risada, por vezes certa gargalhada, e uma boa reflexão. Além disso, não tem como não reparar nas belas ilustrações de Arthur Pádua que complementam a obra e nos inserem ainda mais no contexto da história de cada poema retratado. Pode-se ler o livro aos poucos, naqueles minutinhos que antecedem o sono e, se preferir, como um bom refúgio durante o dia para escapar da agitação diária. Será uma ótima viagem no mundo poético! Garanto!

xoxox – Moara F. Lacerda

Anúncios

6 comentários em “Resenha: O Busto de Adão e Outras Poesias

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Poeta da Garrafa

Este sítio expõem a palavra, a imagem, a voz da minha poesia. Foto: Odilon Machado de Lourenço.

Depois de Formada

Bem vindos, ao meu Blog! Aqui irei dividir com vocês um pouco das coisas que eu gosto!

Caos no Quarto

O que esperar de um blog criado em meio ao Caos de um quarto? Assuntos de uma rotina caótica: Livros, cabelos, musculação, engenharia, esportes, empreendedorismo, animais e por ai vai.

%d blogueiros gostam disto: