Citações do livro A Culpa é das Estrelas

1c7728_7cfc9c9c5c884590859939f04f09f291

“Se você não vive uma vida a serviço de um bem maior, precisa pelo menos morrer uma morte a serviço de um bem maior, sabe?” (p.154).

“Não dá para escolher se você vai ou não vai se ferir neste mundo, meu velho, mas é possível escolher quem vai feri-lo. Eu aceito as minhas escolhas” (p.283).

“Esse é o problema da dor – o Augustus disse, e aí olhou para mim. – Ela precisa ser sentida” (p.63).
“Me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente, de uma hora para outra” (p.118).

okay_zpsf9ba9ff1-3434ba882f46b294ba9b34e635d2d0d8-1024-1024

“Não posso falar da nossa história de amor, então vou falar de matemática. Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros. Um escritor de quem costumávamos gostar nos ensinou isso. Queria mais números do que provavelmente vou ter […]. Mas, Gus, meu amor, você não imagina o tamanho da minha gratidão pelo nosso pequeno infinito. Eu não o trocaria por nada nesse mundo. Você me deu uma eternidade dentro dos nossos numerados, e sou muito grata por isso” (p.235).

“ […] me ocorreu que a ambição voraz dos seres humanos nunca é saciada quando os sonhos são realizados, porque há sempre a sensação de que tudo poderia ter sido feito melhor e ser feito outra vez” (p.275).

imagesEFSHMNLB

Livro: A Culpa é das Estrelas (John Green)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Editora Literacidade

palavra, casa - cidade, texto

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

Diferentes Tons

Artes, Moda, Literatura

Poeta da Garrafa

Este sítio expõem a palavra, a imagem, a voz da minha poesia. Foto: Odilon Machado de Lourenço.

Depois de Formada

Bem vindos, ao meu Blog! Aqui irei dividir com vocês um pouco das coisas que eu gosto!

Caos no Quarto

O que esperar de um blog criado em meio ao Caos de um quarto? Assuntos de uma rotina caótica: Livros, cabelos, musculação, engenharia, esportes, empreendedorismo, animais e por ai vai.

%d blogueiros gostam disto: